Veja agora Street Fighter: Legacy

Como prometido, foi lançado o curta-metragem de fãs de Street Fighter. Intitulado Street Fighter: Legacy, o filme é dirigido por Joey Ansah (o assassino Desh de O Ultimato Bourne). Veja abaixo:

O dublê e ator comenta que resolveu realizar o vídeo por ser fã de videogames de luta e estar insatisfeito com as adaptações de Hollywood. Ele escreveu o roteiro com Christian Howard, que interpreta Ken no curta, e obteve permissão da Capcom para realizá-lo.

[Atualizado] Super Strip Fighter IV

Criado pelo grupo doujin Studio S, Super Strip Fighter IV é uma paródia para maiores dos jogos de luta (Street Fighter, The King of Fighters, Tekken, Virtua Fighter e muitos outros).

São 15 lutadoras em trajes sumários (e um NERD grande e gordo). Cada personagem tem suas próprias habilidades especiais além dos “finishing movies”, seja lá o que for isso. 😉

Este slideshow necessita de JavaScript.

Você pode baixar pelo link do Studio S, ai em cima (tudo em japa), ou neste novo link para PC e aqui para Game Boy. 😉

Street Fighter High

Que a franquia Street Fighter nunca deu muita sorte no cinema todos nós sabemos mas por alguma razão desconhecida os fãs sempre conseguem fazer alguma coisa legal como é o caso de Street Fighter: The Later Years. Agora somos presenteados com Street Fighter High, uma versão Smallville do jogo da Capcom, veja:

“Antes de se tornarem os maiores lutadores do mundo eles devem sobreviver ao colegial.”

Veja também:

Street Fighter Zero 2: The Movie

Warner Adquire All You Need is Kill

Já e uma realidade Hollywood se rendeu a outras midias para realização de filmes,inicialmente com roteristas poucos inspirados os magnatas resolveram vira seus olhos para os games ex: Street fighter,Mortal kombat e Residente Evil entre outro!  Depois foi a vez dos quadrinhos ex: X-men, Batman e Spawn agora a bola da vez são os animés ex: Akira e estar em cima de Bleach como divlgado aqui!  A toda poderosa Warner adquiriu All You Need is Kill!  

Trata-se de uma light novel escrita por Hiroshi Sakurazaka com ilustrações de Yoshitoshi Abe, publicada pela editora Shueisha em 2004. Conta a história de um soldado chamado Keiji Kiriya, que usando uma armadura robótica, luta contra seres conhecidos como Mimic. Só que ele se depara com algo inexplicável: sempre que morre ele ressuscita no dia anterior à batalha que o levou pra cova.

Segundo o site, a Warner pagou cerca de 3 milhões de doletas pela história e por contrato terá cerca de 12 meses para que o filme seja concluído, sob pena de arcar com as consequências de descumprimento de cláusula.

Fonte: Deadline.com.

Street Fighter IV: Ero Mods

45796__468x_street-fighter-4-ero-mods-2

O Hentai Mod era apenas o começo. Esta acontecendo uma verdadeira enchurrada de MODs de SF IV e como já era de se esperar Chun-Li e Cammy são as mais visadas ma sobra espaço para a Rose e Sakura. 😉

Os mods podem ser conseguidos aqui (em japa).

Street Fighter IV PC: Hentai MOD

45583__468x_cammy-nude

Com o lançamento de Street Fighter IV de PC era uma questão de tempo para que os MODs começassem a aparecer.

45584__468x_cammy-nude-oshiri

O primeiro que me chamou a atenção é um que possibilita o uso de um nude filter nas personagens femininas do jogo. Não acredita?! Então veja:

Veja os expressivos números de vendas da Capcom

capchars

A edição 87 da EGM Brasil (Março) estampou em suas capas, a edição teve capa dupla, que este seria o ano da Capcom.

01a_egm8701b_egm87

Em uma atulização para acionistas a empresa liberou os números de vendas, de todos os tempos, das suas principais franquias:

Resident Evil
– 40 milhões
Mega Man – 28 milhões
Street Fighter – 27 milhões
Devil May Cry – 10 milhões
Monster Hunter – 8.5 milhões
Onimusha – 7.8 milhõesn
Dino Crisis – 4.4 milhões
Ghosts ‘N Goblins – 4.4 milhões
Final Fight – 3.2 milhões
Ace Attorney – 3.2 milhões
Breath of Fire – 3 milhões
Lost Planet – 2.7 milhões
Commando – 1.2 milhões
1942 – 1.2 milhões
Sengoku BASARA – 1.2 milhões

Considerando esses números, acho que todo ano é o ano da Capcom. 😉

Os valores acima consideram as vendagens mundiais de cada titulo por série, não importando a quantidade de versões ou sequências.