Jovem neozeolandês tenta vender fotos sensuais da mãe na internet após briga

Um jovem da Nova Zelândia tentou vender algumas fotografias sensuais da sua mãe em um site de leilões na internet, logo em seguida de uma discussão protagonizada por eles. As informações estão na edição do jornal “The Herald” de domingo (5).

O estudante de 18 anos abriu um lote para venda de “cinco fotos da minha mãe nua” no site Trade Me, dizendo que as encontrou após uma limpeza na garagem da família.

O site subtraiu o lote no dia seguinte, mas o estudante –identificado apenas como Michael– logo colocou outra série fotográfica de fotos “glamourosas”, datadas de oito anos, da sua mãe. Em uma delas, a mulher estava vestida apenas com roupas de baixo.

Sua mãe Jennifer, 44, que não quer o nome da família divulgado, disse ao jornal que estava “irritada” quando descobriu as primeiras fotografias. “Ele foi totalmente malcriado… Penso que foi um pouco audacioso”, disse.

Mas ela também estava incomodada com o Trade Me, que retirou a inserção do segundo lote de imagens, que ela aprova. “Insisti ao Michael que me mostrasse primeiro. Elas são absolutamente artísticas. Não há nenhum risco nelas.”

“Eu queria 50% do valor das vendas, no entanto, mais do que isso, precisava de comentários agradáveis.”

O porta-voz do site, Jon Macdonald, disse que ambos os lotes foram retirados devido ao fato das imagens serem “inapropriadas”.

“Nós realmente não queremos ser um local no qual as pessoas colocam imagens das suas mães com roupas de baixo”, declarou Macdonald.

Fonte: Folha

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: